Há 13 anos, criando com amor!

Se você deseja ter um filhote de west terrier, teremos o prazer em atendê-lo!

Nossos cães são como parte da nossa família e são criados em nossa casa, com contato com humanos, jardins e principalmente terra, paixão de todo terrier.

Nossas linhas de sangue são importadas do Leste Europeu, Alemanha, Espanha e Argentina, de criadores com mais de 35 anos de experiência, com os quais mantemos contato.

Somos afiliados da Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC) e da Federation Cynologique Internationale, onde participamos de exposições para aprimorar o padrão da nossa criação.

Nosso maior objetivo é encaminhar amigos com um temperamento extraordinário e uma saúde exemplar. A seguir você encontra um resumo de tudo que entregamos juntamente com o nosso filhote.

Queremos que você e sua família tenham a melhor experiência com um west terrier. Caso queira ver fotos dos filhotes, visite nossas redes sociais onde diarimente publicamos fotos dos nossos peraltinhas!

Há 13 anos, criando com amor!

Se você deseja ter um filhote de west terrier, teremos o prazer em atendê-lo!

Nossos cães são como parte da nossa família e nossos filhotes são criados em casa, com contato com humanos, jardins e principalmente terra, paixão de todo terrier.

Nossas linhas de sangue são importadas do Leste Europeu, Alemanha, Espanha e Argentina, de criadores com mais de 35 anos de experiência, com os quais mantemos contato.

Somos afiliados da Confederação Brasileira de Cinofilia (CBKC) e da Federation Cynologique Internationale, onde participamos de exposições para aprimorar o padrão da nossa criação.

Nosso maior objetivo é encaminhar amigos coM temperamento extraordinário e uma saúde exemplar. A seguir você encontra um resumo de tudo que entregamos juntamente com o nosso filhote.

Queremos que você e sua família tenham a melhor experiência com um west terrier. Caso queira ver fotos dos filhotes, visite nossas redes sociais onde diariamente publicamos fotos dos nossos peraltinhas!

Somos tradicionais...

Nossos papais criadores trouxeram nossos avós da República Tcheca, da Sérvia e da Alemanha, que ficam láaa na Europa. Nossas famílias são bem antigas e saudáveis… nossos tios europeus criam westies há mais de 40 anos.

Mas, mesmo assim, fizemos vários exames genéticos para garantir que tudo ia dar certo.

Nossa mamãe criadora diz que a gente se acha “os reizinhos da casa” quando queremos mandar em tudo só porque temos sangue europeu, mas no fundo somos tudo “rola-bosta” mesmo. 😂

Somos tradicionais...

Nossos papais criadores trouxeram nossos avós da República Tcheca, da Sérvia e da Alemanha, que ficam láaa na Europa. Nossas famílias são bem antigas e saudáveis… nossos tios europeus criam westies há mais de 40 anos.

Mas, mesmo assim, fizemos vários exames genéticos para garantir que tudo ia dar certo.

Nossa mamãe criadora diz que a gente se acha “os reizinhos da casa” quando queremos mandar em tudo só porque temos sangue europeu, mas no fundo somos tudo “rola-bosta” mesmo. 😂

Somos campeões!

A nossa família é registrada CBKC, onde tiramosnossa certidão de nascimento (o pedigree), ondevem escrito o nome da nossa família.

Nossos criadores também levam nossos pais no desfile de cães de raça da CBKC e lá eles ganham muitos prêmios, troféus e medalhas.

Na nossa família tem campeão e grande campeão da raça. Os tios da exposição dizem que somos westies de verdade.

Somos campeões!

A nossa família é registrada CBKC, onde tiramosnossa certidão de nascimento (o pedigree), ondevem escrito o nome da nossa família.

Nossos criadores também levam nossos pais no desfile de cães de raça da CBKC e lá eles ganham muitos prêmios, troféus e medalhas.

Na nossa família tem campeão e grande campeão da raça. Os tios da exposição dizem que somos westies de verdade.

Somos Puppy Culture!

Nós passamos pelo protocolo de pré-socialização Puppy Culture que foi desenvolvido pela comportamentalista Jane Messineo Lindquist, dos Estados Unidos.

Nossa mamãe criadora fez o curso e aprendeu a neuroestimulação precoce, os estímulos sonoros, táteis e toda a sensibilização que a gente precisa para ser mentalmente saudável.

Quando crescemos e começamos a fazer bagunça, vamos para a “escolinha de filhotes”. Nossa aula é muito legal! Lá a gente aprende que, quando a gente faz uma coisa certa, tem um “click” e a gente ganha um petisco.

A gente também socializa com gatos, cães maiores e tudo deixa a gente muito confiante. Aliás, aqui em casa só o Mocha, aquele gato chato, que é bobão mesmo!

Somos Puppy Culture!

Nós passamos pelo protocolo de pré-socialização Puppy Culture que foi desenvolvido pela comportamentalista Jane Messineo Lindquist, dos Estados Unidos.

Nossa mamãe criadora fez o curso e aprendeu a neuroestimulação precoce, os estímulos sonoros, táteis e toda a sensibilização que a gente precisa para ser mentalmente saudável.

Quando crescemos e começamos a fazer bagunça, vamos para a “escolinha de filhotes”. Nossa aula é muito legal! Lá a gente aprende que, quando a gente faz uma coisa certa, tem um “click” e a gente ganha um petisco.

A gente também socializa com gatos, cães maiores e tudo deixa a gente muito confiante. Aliás, aqui em casa só o Mocha, aquele gato chato, que é bobão mesmo!

Somos higiênicos

A gente também aprende a fazer xixi e cocô numa bandeja. Logo que a gente começa a andar, a gente já sai de perto da mamãe para fazer nosso pipi fora da nossa caminha.

A gente não gosta de dormir onde está sujo, sabe? Nossa mãe disse que a gente tem que ser limpinho para ficar à salvo dos predadores.

Nossos criadores também ensinam nossos humanos como faz pra gente não ficar perdido errando o xixi e cocô na nossa nova casa.

Somos higiênicos

A gente também aprende a fazer xixi e cocô numa bandeja. Logo que a gente começa a andar, a gente já sai de perto da mamãe para fazer nosso pipi fora da nossa caminha.

A gente não gosta de dormir onde está sujo, sabe? Nossa mãe disse que a gente tem que ser limpinho para ficar à salvo dos predadores.

Nossos criadores também ensinam nossos humanos como faz pra gente não ficar perdido errando o xixi e cocô na nossa nova casa.

Somos temperamentais

Nossos criadores sabem que cada um de nós é único, mesmo sendo da mesma raça.

Somos que nem vocês humanos, afinal, você não é igual ao seu irmão e nem ao seu primo só porque vocês são humanos, né?

Por isso, ela faz o teste de temperamento para ajudar a nossa família humana a escolher a gente pelo nosso jeito de ser!

Somos temperamentais

Nossos criadores sabem que cada um de nós é único, mesmo sendo da mesma raça.

Somos que nem vocês humanos, afinal, você não é igual ao seu irmão e nem ao seu primo só porque vocês são humanos, né?

Por isso, ela faz o teste de temperamento para ajudar a nossa família humana a escolher a gente pelo nosso jeito de ser!

Somos saudáveis

Nossos criadores estão sempre de olho na nossa saúde, e por isso, somos vacinados com muito cuidado. Eles usam as últimas pesquisas do protocolo do The World Small Animal Veterinary Association (WSAVA).

Por isso, eles dão garantias no contrato contra doenças infecciosas e genéticas.

Eles também dão um tal de vermífugo que é pra matar os bichinhos da nossa barriga.

Aff… nós o-di-a-mos tomar vacina e esse tal de vermífugo, mas tomamos mesmo assim!

Somos saudáveis

Nossos criadores estão sempre de olho na nossa saúde, e por isso, somos vacinados com muito cuidado. Eles usam as últimas pesquisas do protocolo do The World Small Animal Veterinary Association (WSAVA).

Por isso, eles dão garantias no contrato contra doenças infecciosas e genéticas.

Eles também dão um tal de vermífugo que é pra matar os bichinhos da nossa barriga.

Aff… nós o-di-a-mos tomar vacina e esse tal de vermífugo, mas tomamos mesmo assim!

Somos microchipados

Todo nós recebemos um microchip, que o tia veterinária coloca embaixo da nossa pele. Se a gente se perder, o outro tio veterinário pode ver o número e achar nosso endereço no site na internet.

Nossa mamãe criadora pediu pra eu avisar a você que, infelizmente, o microchip não mostra a gente num mapa. Ela disse que essa tecnologia ainda não existe!

Somos microchipados

Todo nós recebemos um microchip, que o tia veterinária coloca embaixo da nossa pele. Se a gente se perder, o outro tio veterinário pode ver o número e achar nosso endereço no site na internet.

Nossa mamãe criadora pediu pra eu avisar a você que, infelizmente, o microchip não mostra a gente num mapa. Ela disse que essa tecnologia ainda não existe!

Somos naturebas

Somos desmados com a alimentação natural balanceada. Desde 2010 toda nossa família come comidinha de verdade e saudável feita pela nossa mamãe criadora.

Ela também pode ensinar os nossos humanos a fazer essa comidinha. Mas, se não quiserem, ela ensina a gente a comer ração.

Comida é a parte que a gente mais gosta!

Nossos criadores também usam remédios homeopáticos e naturais que são mais gostosos que os vermífugos (eca…não gosto nem de lembrar).

Somos naturebas

Somos desmados com a alimentação natural balanceada. Desde 2010 toda nossa família come comidinha de verdade e saudável feita pela nossa mamãe criadora.

Ela também pode ensinar os nossos humanos a fazer essa comidinha. Mas, se não quiserem, ela ensina a gente a comer ração.

Comida é a parte que a gente mais gosta!

Nossos criadores também usam remédios homeopáticos e naturais que são mais gostosos que os vermífugos (eca…não gosto nem de lembrar).

Somos traquinas

Nossa mãe criadora diz que a gente sempre tem idéias de jirico e inventa traquinagens. Por isso ela dá aula para nossos humanos aprenderem sobre a gente.

Ela ensina sobre socialização, linguagem corporal, vacinas, cuidados e higiene, alimentação natural, indica livros e produtos. Ela também dá assessoria quando vamos pra nossa nova casa – ela diz que somos bagunceiros.

Aff, o quê que tem? A gente só gosta de brincar com as coisas dos nossos donos… que mal há nisso?

No final, nossos humanos entram para a grupo dos veteranos HolyClassics e conhecem todos da família Holywestie.

Somos traquinas

Nossa mãe criadora diz que a gente sempre tem idéias de jirico e inventa traquinagens. Por isso ela dá aula para nossos humanos aprenderem sobre a gente.

Ela ensina sobre socialização, linguagem corporal, vacinas, cuidados e higiene, alimentação natural, indica livros e produtos. Ela também dá assessoria quando vamos pra nossa nova casa – ela diz que somos bagunceiros.

Aff, o quê que tem? A gente só gosta de brincar com as coisas dos nossos donos… que mal há nisso?

No final, nossos humanos entram para a grupo dos veteranos HolyClassics e conhecem todos da família Holywestie.

Somos garantidos!

Nossos criadores fazem um contrato com garantia de 1 ano para doenças genéticas. Ele vai na nossa pasta de documentos personalizada, junto com nosso histórico de saúde, receita da nossa comidinha, nosso pedigree, o pet passport.

A mamãe também manda uma ecobag e uma mantinha igual a que a gente tinha quando a gente nasceu….assim a gente consegue lembrar do cheiro da nossa antiga casa.

Somos garantidos!

Nossos criadores fazem um contrato com garantia de 1 ano para doenças genéticas. Ele vai na nossa pasta de documentos personalizada, junto com nosso histórico de saúde, receita da nossa comidinha, nosso pedigree, o pet passport.

A mamãe também manda uma ecobag e uma mantinha igual a que a gente tinha quando a gente nasceu….assim a gente consegue lembrar do cheiro da nossa antiga casa.

Somos treinados para viajar...

Nós somos terriers e por isso adoramos ficar entocados. Aprendemos com nossa mãe canina que se ficar escondido na toca, nenhum predadores vai nos atacar.

Nossa mãe criadora disse que a gente participa do programa “minha caixa, minha vida” porque a gente gosta de dormir na nossa “toca” de plástico.

A gente viaja de avião sem precisar tomar nenhum remédio pra dormir. É divertido olhar as pessoas pela janela da nossa toquinha no dia da viagem pra casa.

Somos treinados para viajar...

Nós somos terriers e por isso adoramos ficar entocados. Aprendemos com nossa mãe canina que se ficar escondido na toca, nenhum predadores vai nos atacar.

Nossa mãe criadora disse que a gente participa do programa “minha caixa, minha vida” porque a gente gosta de dormir na nossa “toca” de plástico.

A gente viaja de avião sem precisar tomar nenhum remédio pra dormir. É divertido olhar as pessoas pela janela da nossa toquinha no dia da viagem pra casa.

INFORMAÇÕES SOBRE NINHADAS

Macho disponível pronta entrega!

INFORMAÇÕES SOBRE NINHADAS

Macho disponível pronta entrega!