skip to Main Content

Mãeee, beijei um sapo!

Todo filhote que você compra é muito esperado não é mesmo? Com o westie não é diferente! Porém, a chegada de um filhotinho de West gera muita expectativa. Muitos imaginam receber em casa a  miniatura do cão da propaganda do IG.

Alguns filhotes possuem pelagem lanosa e aparentam serem bem peludinhos, outros vêm com a pelagem mais lisa e dura, e assim, aparentam possuir pelo em menor quantidade.

Mas, o que as pessoas esquecem é que, mesmo embaixo daquela pelagem adulta existe um cãozinho de estrutura muito simples e formato muito peculiar aos nossos olhos.

fig

Ilustração de Barbara Hands e Malcolm Ward

A estrutura física de um westie sem pêlo se assemelha muito aos conhecidos Podengos Portugueses, cães trazido pela coroa portuguesa ao Brasil e que seriam os ancestrais dos nossos queridos vira-latas e que fazem parte da paisagem brasileira há muito tempo.

1612 Foto retirada daqui

Assim, é muito comum o novo proprietário sentir-se inseguro e frustado ao receber seu westie, e há  até aqueles que se perguntam se não foram enganados pois o seu filhote “parece um vira-latas” Surprised smile.

westie (2)
Filhote de westie chamado Huddy, da proprietária Lícia. Foto daqui.

Mas, qualquer semelhança com Podengo é mera coincidência!

A seguir vamos esclarecer a evolução da pelagem, para que não haja dúvidas.

3 semanas

bebes
O bebê pesa por volta de 700g e mede 15cm. O olhos já definiram o formato e a inserção, podendo ainda haver alteração de cor – a cor deve ser castanho escuro. Os bêbes nascem com trufas rosadas, mas nesta semana já devem estar pigmentadas. O contorno das pálpebras e lábios ainda estão em processo de pigmentação.

As orelhas ainda estão pendentes. O crânio ainda é bem grande em relação ao corpo. O filhote já iniciou a marcha com pernas eretas, mas alguns ainda apresentam dificuldades, porém todos já sabem balançar o rabinho. A pelagem possui no máximo 1cm de comprimento.

8 semanas

2meses

O filhote já cresceu bastante: pesa cerca de 2kg e já apresenta em torno de 20cm de altura. Os lábios, pálpebras e trufa devem estar bem pigmentados – se não ocorreu, provavelmente não ocorrerá mais. A cor dos olhos já se definiu. As orelhas já estão eretas – os retardatário ainda apresentam orelhas caídas nas pontas (em alguns a erupção dos dentes provoca o retardamento da ereção das orelhas). Esses ainda podem levantar até 90 dias – senão é provável que seja necessário o uso de tala-auxílio.

Segundo Derek Tarttersall, a idade entre 8 e 10 semanas, é um bom momento de se avaliar a ninhada – já se pode perceber o temperamento e é possível, após um bom estudo do padrão, analisar a conformação. Aqueles que terão uma boa cabeça já a apresentam, bem como, inserção se orelhas, tamanho de rabo e definição do stop.

Após 12 meses, o crescimento do westie começa a ser desproporcional, como se ele “crescesse em volta das orelhas”, segundo Ruth Faherty. O westie fica com pernas alongadas e corpo com aparência esticada. É o início da fase “patinho feio”.

A pelagem dobrou ou até triplicou de comprimento. O filhotes de pêlo mais duro e liso ainda apresentaram a aparencia do Podengo e aqueles com pelagem lanosa já se apresentam mais fofos.

6 meses

6 meses

O filhote já deve estar com 5kg e uns 23cm de altura. Sua pelagem já deve estar com 5cm de comprimento. Nesta fase eles estão bem orelhudos, pois a orelha cresce mais rápido que o crânio. Segundo Ruth Faherty, se o filhote não apresentou uma boa cabeça com 12 semanas, não apresentará mais.

Nesta altura o westie já deve ter recebido sua primeira tosa, mas suas pernas musculosas estão visíveis, pois a saia ainda não se formou por completo.

8 meses

8 meses

Pesa cerca de 6kg, já definiu sua altura que pode variar de 26 a 32cm. Se não tiver passado por tosa, vai estar com a pelagem fora do padrão oficial (5cm). A pata dianteira já é proporcionalmente maior que a traseira. A linha superior do dorso já está definida e a inserção de cauda já se estabeleceu – ao alto, sem cair sobre o dorso.

Para muitos criadores no Brasil, essa é a idade em que se define um exemplar de exposição e futuro padreador, porém os criadores americanos analisam o exemplar muito antes, entre 8 e 12 semanas.

Segundo Derek Tarttersall:

“Um campeão é como um raio de luz no meio da ninhada…assim que olhamos, nossos olhos são sempre guiados pra ele.”

12 a 18 meses

adulto

O jovem adulto já está com a constituição definida. Nesta fase há o aumento da massa corporal. A cabeça já estabeleceu a proporção com as orelhas e o focinho. A cauda já atingiu seu comprimento máximo.

A pelagem, se feito o stripping, já apresenta o formato do padrão racial. Alguns apresentam uma saia mais farta e longa enquanto outros apresentam saia mais curta. A variação deve-se à herança genética.


Bem, enquanto seu westie ainda não apresenta a aparência de um exemplar adulto, faça como a Juliana Muncinelli, beije muito seu filhote, pois logo logo, ele vai virar um príncipe!

ju_sushiFoto do arquivo pessoal de Juliana

Fontes:

Revista Cães&Cia, ano XXII, n. 253, junho de 2000. Fotos da matéria: Fernando Torres e Paulo Fasanella.
Revista Cães&Cia, ano XXXI, n. 378, novembro de 2010. Especial Raças Brasileiras: Podengo Crioulo.
FAHERTY, Ruth. Westie: from head to tail, Crawford: An Alpine Blue Ribbon Books, 2001.
TATTERSSALL, Derek. Westie today. Ed. Ringpress, 1992.
HANDS, Barbara. The West Highland White Terrier. London: Bartholomew, 1977 – ilustração.

This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close search
Carrinho
Back To Top
Send this to a friend