skip to Main Content

Meu Westie está com acnes!

Tenho recebido com frequência contato de pessoas relatando acnes em seus Westie.
Há algum tempo, meu primeiro Westie apresentou lesões parecidas com acnes. Na época eu ainda não criava a raça e, confesso, acabava dando mais banhos que o exigido pela pelagem.

Coincidência ou não, 100% dos contatos que escrevem questionando sobre acnes em seus Westies confessam que dão banhos semanais! Dessa forma, eu afirmo:

Banhos semanais não são saudáveis para nenhuma raça, principalmente raças de pele seca como os Westies!

we all gonna die

Se você está em dúvida se o problema de pele de seu cão está sendo causando por excesso de banho, pare e reflita, quantas vezes você deu banho nele nas últimas semanas? O aparecimento do problema relacionou-se com isso?

Mas voltando às acnes.

Algumas lesões de pele podem ser confundidas com acnes e podem ter várias causas, incluindo parasitas (pulgas, ácaros), infecção por fungos, bactérias, alergias e tumores da pele. O tratamento envolve a resolução dos sintomas e das causas que causam o processo.

Veja aqui uma infecção bactéria (piodermite):

bacterialinfection4

Na foto abaixo uma alergia:

skinallergy

Por mais que sejam fotos de diferentes cães, em condições de luz adversas, as lesão são bem semelhantes não é mesmo? Então:
ouch...it hurts

Não hesite em levar seu peludo a um veterinário! O diagnóstico é demorando sim, mas só ele poderá auxiliá-lo na descoberta da causa!

Agora veja como é um processo de acne em cães:
acne_dog
Foto retirada de http://petheatlhinfo.com/acne-dogs.html
Espinhas e cistos podem afetar animais de todas as idades. O diagnóstico e tratamento adequado aceleram a cura, diminuem o desconforto e a oportunidade para a formação de infecções graves e penosas, como abscessos.

Causas:

A sujeira, bactérias ou células mortas da pele do cão bloqueiam os poros causando inflamação seguida de infecção. Quando o folículo piloso é bloqueada, forma-se um cisto sebáceo. Assim, esse poro acumula sebo – a partir do óleo que mantém a pele úmida e flexível. Quando o sebo não escapa da pele, causa o acúmulo embaixo da pele.

As vezes ocorre oxidação quando estes óleos entram em contato com o ar, resultando em uma aparência “negra” nos poros – parecida com os “cravos” humanos.Os locais mais comuns são: a face, focinho e sob o queixo.

Restos alimentares, o ato de cheirar o mundo, podem obstruir os poros e levar a um surto de acne.
Tigelas plásticas com ranhuras antigas podem acumular sujeira e estas serem transferidas para o rosto do animal durante a refeição.

Alguns animais podem ter seus estômago e peito acometidos. A pele fina destas áreas combinada com a proximidade ao solo, favorecem contaminação da pele e bloqueio dos poros e folículos – são facilmente notadas nessas regiões.

Filhotes caninos e animais jovens são mais propensos à acne que os adultos, pois a chegada dos hormônios são fator causador de acnes – lembra de quando éramos adolescentes? Cheios de hormônios e espinhas?
Banhos freqüentes é outra causa comum para o aparecimento de cistos e espinhas em cães. O shampoo retira o óleo natural da pele (proteção natural) – a pele para compensar a retirada produz mais óleo.

O dono dá outro banho, antes da recomposição natural da pele – a pele reaje novamente aumentando mais a produção na tentativa de vencer o processo de retirada. O resultado? Obstrução dos poros, folículos e infecção – falta da barreira epidérmica natural e exposição da pele por bactérias.

Após a infecção, o cão passa a ter seu cheiro natural alterado, causando mais desconforto ao proprietário que busca eliminar o cheiro com outro

BANHO!

dizzy
Porém, as acnes em geral são de tratamento fácil – dependem de limpeza e desinfecção. Os cistos maiores nem sempre drenam por conta própria e devem ser tratados pelo veterinário.
Seu veterinário poderá examinar através do tato o quanto o cisto é duro ou macio, superficial ou profundo. Poderá ainda aspirar os cisto para fazer exames, pois os cistos podem significar algo mais grave, como uma neoplasia.

Apesar de ocorrer em todos os cães, os terriers possuem um fator mais agravante para a ocorrência de acnes – a pelagem dupla. Para Barbara, carinhosamente conhecida como BBird, uma groomer de Tucson no Arizona, a falta do hand stripping pode causar acnes em terriers (leia aqui). Segundo ela, a pelagem dupla pode sofrer com o afinamento causado pela máquinas de tosquias. O pêlo mais fino pode “encravar” e causar o apilolamento do folículo.

Ao inverso da depilação humana com cera, a “depilação” pelo hand stripping engrossa o pêlo do cão, melhora o micro-clima e auxilia a circulação de ar junto à pele.

Quanto à minha experiência? Eu passei a fazer o hand stripping no meu cão com acne – sua pele melhorou muito, seu pêlo ficou mais forte. Mas isso não foi a única atitude: as escovações para fortalecer a pelagem e minimizar a sujeira foram mais frequentes e os banhos agora só de 60 em 60 dias.

This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close search
Carrinho
Back To Top
Send this to a friend