skip to Main Content

O “jeito TAM” de voar com seu peludo

O “jeito TAM” De Voar Com Seu Peludo

Mensagem enviada à TAM em 17/12/2011

Prezados senhores,

Utilizo-me desta para descrever aos senhores como é viajar com um animal utilizando os seus serviços (TAM linhas aéreas). Mas de antemão, digo: não é algo fácil.

Para que minhas observações se justifiquem, devo dizer que sou conhecedora dos procedimentos:

  1. Reservar o cão com antecedência, pois na aeronave há vaga somente para dois cães.
  2. Levar os documentos pertinentes à vacinação antirrábica e atestado de saúde do animal.
  3. Chegar no destino e esperar os funcionários trazerem o animal.

Quanto à reserva (item 1):

A TAM não consegue confirmar no momento da compra do bilhete se há condições de levar o cão ou não. Diferentemente da GOL (desculpe-me citar a empresa concorrente) onde a reserva é feita na hora, tal qual a reserva de um passageiro. No momento da compra você já tem a segurança de que seu animal vai viajar e voltar com você.

Já ouve casos de termos que comprar outro bilhete na empresa concorrente, pois faltando 12 horas para partida do voo, de um bilhete que havia sido comprado 10 dias antecedência, a TAM ainda não havia confirmado o cão. Como esse animal estava inscrito num campeonato de cães, e com a inscrição já paga, tivemos que comprar um bilhete às pressas na GOL.

Quanto à documentação (item 2):

Ainda não mencionei aqui, somos criadores de cães, portanto precisamos utilizar com frequência o serviço de transporte de AVIH e sabemos que devemos apresentar documentos dos cães – até ai tudo bem.

Ocorre que, dentro do território nacional, segundo as companhias aéreas, um cão só pode viajar 30 dias após a aplicação com a vacina antirrábica – a qual só é permitida após 4 meses de vida do cão, ou seja, 5 meses de idade.

Porém, na legislação vigente no país, publicada pelo Ministério da Agricultura, um cão poderia viajar com idade de até 90 dias, desde que estivesse constando no atestado veterinário “cão com idade insuficiente para receber a vacina antirrábica, mas em perfeitas condições de saúde” e pasmem: já trouxemos cães nessa idade da República Tcheca, SEM VACINA ANTIRRÁBICA APLICADA, pois o cão tinha 75 dias.

A veterinária que nos recebeu no Brasil pacientemente foi tirar cópia da documentação “para ser utilizada na viagem nacional” – o cão veio pra GRU e depois deveria seguir para MAO. Mal ela sabe como são as companhia aéreas nacionais – tivemos que deixar o cão por um tempo em SP pois sabíamos que no voo nacional aquela documentação não seria aceita – mesmo estando de acordo com a legislação vigente.

Porém essa premissa é uma invenção das companhias aéreas, sintam-se aliviados, esse erro é comum a TODAS companhias aéreas.

Não acreditam? Liguem para a Vigiagro (11) 3284-6344 e 3251-5707 – Setor Animal, e confirmem o que eu digo.

Quanto à chegada ao destino (item 3):

Sinceramente, não sei porque a TAM intitula a carga de AVIH como “carga viva”, pois em algumas cidades isso de nada adianta! Se é um animal vivo que está aguardando para ser entregue ao seu dono, ou uma simples caixa, o tratamento é o mesmo.

Explico: ao chegar em MAO por exemplo, eu sempre me dirijo ao pessoal de terra – antes de mesmo de retirar minha bagagem e digo: estou com um AVIH, por favor, podem trazê-lo. Vou descrever a última vez que cheguei aqui com um animal:

TAM: “Sra. o animal só poderá ser trazido após todas as bagagens terem sido retiradas”.

Eu: “mas ele não deveria ser tratado com prioridade? Afinal trata-se de um animal vivo e não morto”.

TAM: “sim, sabemos disso, mas as regras são essas, somente depois de todas as bagagens”.

Eu: “será que o senhor poderia pelo menos uma vez quebrar essa regra, é um cão filhote de 8 meses, eles ouvem 25 metros mais longe que a gente, deve estar assustado após 4h de voo. Essa regra nem deveria existir se tratando de animais vivos”.

TAM: “não senhora, esse é o procedimento – temos que respeitá-lo”.

Foi então que eu avistei um funcionário da TAM trazendo um carrinho de bebê. Perguntei: “e esse carrinho de bebê? Porque vir antes do cão?”

TAM em tom de voz alterado*: “ele é PRIORIDAADE, senhooora!” (*leia-se: funcionário com raiva).

Fiquei observando e a pessoa que estava com o bebê – ela demorou pelo menos 15 min para dar conta que sua “bagagem prioridade” estava ali aguardando.

Foi quando eu ainda insisti: “tem como o senhor verificar meu cão? Por favor!”

TAM: “Vou ver, mas não garanto!”

Bem, pra resumir, tirei fotos do momento que recebi o cão. Não senhores, não era um voo vazio, e SIM! A esteira cheia de bagagens, cheia de gente em volta, MAS só recebi meu animal quando o salão finalmente esvaziou :(.

P-S: Na GOL, o animal é entregue antes mesmo de qualquer bagagem, aqui, priorizamos nossas viagens nessa companhia por esse motivo!

Esta mensagem foi encaminhada à TAM em 17/12/2011 pelo site “fale com o presidente”.

PROTOCOLOS: 41324583 e 41324555

1) As fotos, apesar de anexadas pelo sistema parecem ter sido excluídas na checking dos dados do remetente.

2) O sistema do fale conosco da TAM não funciona no Chrome (bem típico né?)

IMG_0152

VOO 3858 FOR-MAO

tam4

DETALHE: o voo estava lotado, mas já tínhamos pego as malas estávamos apenas esperando o nosso westie.

TAM2

Últimos passageiros indo embora e nada da minha “carga viva” chegar! Ela chegou uns 10min depois dessa foto, super assustada… esse é o “jeito TAM”de voar com seu animal de estimação!

Agora, imagina se fosse uma “carga morta”?

 

Esse post tem 19 comentários
  1. Esse post serve para muita gente que como eu, tenho dúvidas eternas em levar ou não o animal em viagens… Não levo mais, ainda mais sendo pela TAM. O pior é que a passagem da empresa é a mais cara no mercado em tratando de transporte de animais… Oh brasil difícil !

    1. Oi Aline, mas isso ocorreu aqui em Manaus 🙁 eles responderam que não é regra deixar o animal esperando e que o pessoal daqui agiu errado 🙁 . Por outro lado, eu soube que a TAM iniciou o Pet Cabin e pode-se levar animais até 10kg que caibam embaixo do banco, dentro da cabine 😀 . No caso uma sherpa bag é essencial pra isso. Talvez na sua cidade o pessoal da TAM seja mais interessado que aqui em Manaus né? Um abraço e obrigada pela visita!

  2. Agora fiquei com assustada. Moro em Manaus e vou levar o meu cachorro de ferias comigo, pensei que o atendimento da Tam com relacoes aos animais fosse melhor. Pelo menos eles me confirmaram em 5 dias uteis a vaga do meu cachorro. Ja vi gente reclamando que demora muito esta resposta.

    1. Mas isso é para cães despachados. Se seu cão for pequeno, é melhor fazer Pet cabin com ele. A TAM aceita!
      Em outubro estivemos em SP e a volta foi mais tranqüila, trouxeram logo a PG no inicio das bagagens. Pude tirar da cx e ficar com ela no braço. Não sei se mudaram o procedimento ou se depende da cabeça do pessoal que está no dia!
      Mas, bem ou mal, a TAM ainda é melhor que a Gol! :/

    1. Olá Lidiane,

      Não entendi o seu comentário no post. Por favor utilize aba de contato para saber sobre filhotes. Aproveite e fale mais um pouco de você. Não costumamos fazer transações comerciais com nossos filhotes (sim, você precisa pagar por eles, mas não é apenas isso ok?).
      Quem sabe, sabendo suas intenções, teremos interesse em encaminhar um filhote à você!
      No momento a resposta para sua pergunta é: não possuímos filhotes disponíveis, nem dos peludos e nem dos carecas.

      Obrigada pelo comentário,

      Andie

  3. Temos que fazer algo por nossos bichinhos de estimação,uma mala vale mais do que um ser vivo?????Não viajo pela TAM,VAMOS FAZER uma campanha nos nossos face.Como não viajo com meu bb,nunca imaginaria que acontece esses horrores.

    1. É Paulla, infelizmente em algumas cidades eles demoram muito. Já questionei de mil formas. Dizem que é pra evitar choque térmico…oi? repostas vazias que não compreendo.
      Só reclamando muito pra eles nos ouvirem. E pior que pela TAM a coisa é mais organizada que nas outras cias. 🙁

  4. A TAM eh uma bosta mesmo mas nunca imaginei q fossem tratar assim os bichinhos. Depois de ler isto não viajaria nunca como meu cachorrinho com eles.

    1. Oi Merianela,
      Mas ela é a única que permite o Pet cabin (voar na cabine de passageiros) e aceita atestado conforme a lei: validade de 10 dias. Na gol não tem Pet cabin e o atestado vale por 3 dias.
      Como não temos muitas escolher, vamos escolhendo o menos pior para cada situação.
      Exigir nossos direitos, já que os pets pagam passagens à parte, talvez seja a solução. Se cada pessoa que precisar usar o serviço,se sentir incomodada e ir reclamar, uma hora o cenário muda!

  5. Sou mãe de um maltês de 3 anos, e sempre viajo com ele na cabine, justamente por esse tipo de relato.
    E, ultimamente, acho que a empresa que faz menos complicação para isso é a Azul, que você já compra o “Pet na Cabine” junto com a passagem (a TAM tem o serviço, mas ela só te confirma se seu cão vai realmente poder ir com você próximo à data do voo – pelo menos era assim quando eu fui pesquisar nos sites).

  6. Trabalho na CIA, e fico envergonhada com isso é claro que o animal deve ser tratado com prioridade.
    Infelizmente temos muitos funcionários desprepaarados pra estas situações, como no diálogo não conheço nenhuma regra que a TAM diz que o animal tem que sair por ultimo :(.
    Nunca viajei de gol com um avih, se o animal tiver até 10kg e se as medidas forem as que a TAM pede pode levar como PETC (na cabine).

    1. Então, a gente tem usando a TAM com o PETC. Há cidades em que a prioridade é feita, há outras que não – como você viu ai, eu fiz questão de mostrar o quanto esperei tirando as fotos da esteira vazia. Só recebi ela quando todos pegaram suas malas e saíram :(. Esse voo estava lotado, você pode imaginar o quanto esperei 🙁 – acho que por ter reclamado foi pior entende? Quando eles ainda são filhotes dá pra fazer PETC, mas quando são adultos não dá mais.
      Eu até ia sugerir que chamassem um comportamentalista pra escrever um procedimento 🙂 ai quem sabe se tornasse um padrão né?…Mas na Gol é do mesmo jeito – depende da cidade que você está e do pessoal que descarrega o voo…não existe uma regra 🙁

  7. olha vou viajar com minha lhasa apson,gostaria de saber se vc deu algum remedinho para os seus ficarem quetos na cabine.ou eles ficam quetinhos mesmo.estou comedo que a minha fique latindo.

  8. Gente irei viajar para Boa Vista – RR dia 17/04 e estou sem dormir ha uma semana, pois tenho lido os comentário sobre a TAM quanto ao tratamento aos animais. Já fiz a ligação para o call center da Tam e me confirmaram que a reserva para meu cão ir na cabine estava ok. Não acho aqui em Goiania uma Sherpa bag, para que meu cao já mais confortavel. Estou apavorada…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Send this to a friend